Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

FacebookTwitterRSS Feed

iniciativas de paz no algarve 1 20200323 1538777814

Nos dias 11 e 12 de março realizaram-se, no Algarve, importantes iniciativas de mobilização para a defesa da paz, seja no âmbito da educação para a paz, seja da cultura da paz, por iniciativa do Conselho Português para a Paz e Cooperação.

Merece especial destaque a iniciativa cultural, na sua terceira edição "Sons, cores e palavras pela Paz", realizada no Clube Farense, no centro da bonita cidade de Faro, que mobilizou muitas dezenas de pessoas, e onde o Grupo Coral II Capítulo, dirigido pelo maestro João António de Almeida, teve uma brilhante actuação encantando todos os presentes. Seguiu-se a música de raiz popular dos PURACURA e a poesia e música de Afonso Dias que, tal como a poeta Vanda Santa-Rita, a apresentadora Anne Farias e a jovem pintora Daniele Evangelista deram um importante contributo para uma noite muito empenhada na defesa da Paz. Como salientou Ilda Figueiredo, presidente da DN do CPPC, "o momento complexo, imprevisível e perigoso que estamos a viver exige ainda maior empenhamento, coragem e determinação de todos na defesa da paz para, com precaução e responsabilidade, mas sem alarmismos, darmos um contributo na mobilização necessária e na convergência de vontades para que a paz, bem supremo da humanidade, seja possível. A preparação e realização do Encontro pela Paz, a realizar em Setúbal, a 30 de maio, é uma oportunidade para uma maior mobilização do movimento da paz em Portugal, dado que, pela paz, todos não somos demais".

Ilda Figueiredo e Isa Martins do SPZS também participaram em palestras e reuniões em escolas, com destaque para a palestra na escola Básica de Almancil, concelho de Loulé, contactos com experiências de educação para a paz, como no JI de S. Brás de Alportel, a visita à exposição de artistas pela Paz em Aljezur, a conversa na CM de Lagoa. Em todos os lados, foi patente o empenhamento na realização de iniciativas de sensibilização e de convergência na defesa da Paz.