Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

pelos direitos e democracia no brasil nao a ameaca fascista 1 20181026 1354845302

A poucos dias da segunda volta das eleições presidenciais no Brasil, o Conselho Português para a Paz e Cooperação transmite às forças democráticas e populares brasileiras, e em particular ao Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (CEBRAPAZ), solidariedade à sua acção e ampla mobilização em torno do objectivo central de derrotar o candidato de extrema-direita Jair Bolsonaro e retomar a via de desenvolvimento, progresso e soberania nacional interrompida em 2016 pelo golpe que depôs a legítima presidente Dilma Rousseff e prosseguida com a arbitrária prisão do ex-presidente Lula da Silva e imposição da inabilitação de se recandidatar.

Estas eleições decorrem num quadro político complexo, marcado pela violência verbal e física, pela descarada manipulação e difusão de mentiras, pelo inaceitável envolvimento e utilização mais ou menos encapotada de instituições do Estado e dos grandes meios de comunicação social – incluindo em Portugal – em apoio do candidato da extrema-direita.

Associando-se às iniciativas que no Brasil e em Portugal denunciam e manifestam a sua preocupação face à ameaça fascista que paira sobre o Brasil e se posicionam em defesa dos direitos, da democracia e da soberania, o CPPC alerta para os graves riscos para o povo brasileiro e para o Brasil inerentes a uma eventual eleição de Bolsonaro.

Na presidência, Bolsonaro – apoiado pelos grandes interesses económicos, pelos sectores retrógrados e obscurantistas e por potências estrangeiras (em particular EUA e Israel) – ameaçará os direitos e liberdades do povo brasileiro, como o próprio confirmou em declarações recentes, mas também os vastos recursos naturais do país e a própria existência do Brasil enquanto país soberano e independente.

Solidarizando-se com o apelo que ecoa no Brasil à mais ampla mobilização para defender os direitos e a democracia, antes, agora e no futuro, o CPPC não deixará de estar ao lado das forças da democracia, do progresso social e da paz brasileiras.

Direcção Nacional do CPPC